Os Dançarinos

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

O Amor Nos Faz Crianças


o balanço no parque vazio
o vento muda de rota
os meninos dormem e crescem
você pensa na sua derrota
e quem antes senhor do destino
vê seu dedo em carne viva
a marca das alianças

a vontade não paga entrada
a razão tem suas razões
o prazer é um prêmio fácil
presas fáceis os corações
mas há algo que lhe diz
que você deve seguir em frente
não, não é a esperança...

o amor nos faz crianças

o silêncio faz sua algazarra
você não foi convidado
mas todos uma hora ou outra
temos que lidar com o passado
envolto em macia seda
o tempo comete os seus crimes
e você paga a fiança

bebendo da solidão cristalina
com a inocência perdida
tudo que entorpece
também queima na ferida
nada igual, tal como antes
caindo da torre infinita
você lança suas duas tranças

o amor nos faz crianças


***
você pode conferir a versão demo dessa música
edição, programações, instrumentos, voz, letra e música:  Gian Fabra

o video é uma homenagem aos filmes:
The Gold Rush (Chaplin, 1925); Frankstein (Whale, 1931); Los Olvidados (Buñuel, 1950); Le Notti di Cabiria (Fellini, 1957); La Dolce Vita (Fellini, 1960); 8 1/2 (Fellini, 1963); Amacord (Fellini, 1973); E La Nave Va (Fellini, 1983); Nuovo Cinema Paradiso (Tornatore, 1988)

11 comentários:

  1. O amor nos faz crianças
    mesmo com toda inocência perdida:
    delicada e reflexiva canção.

    ResponderExcluir
  2. linda!!!
    Tamanduá Fabra... vc é lindo!!!
    O amor nos faz realmente criança...
    Eu, sem amor, morro antes de morrer... e seu vídeo nos faz chorar. Bjo querido.
    Sucesso!!!!
    Bora esparramar por aí!!

    ResponderExcluir
  3. O meu lado princesa na torre adorou isso!

    Todo o restante também...rs

    Um beijo, Gian. Saudades de te ler.

    ResponderExcluir
  4. Passei para te visitar...
    http://asfloresdeumjardim.blogspot.com
    abços

    ResponderExcluir
  5. Ola! Parabéns pelo trabalho! Estou me inscrevendo e te convido a participar dos meus.
    VIDA VIVA POEMAS- www.jbcontatos2.blogspot.com
    CLARIDADE VIVA - www.claridadeviva.blogspot.com
    DICAS INFORMÁTICA-www.jbcontatos.blogspot.com
    Te espero lá.
    Feliz 2012! Muita paz e muito sucesso!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

    Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vindo,sinta-se em casa!

    Ah,tem 2 sorteios rolando por lá,participa! :)

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Concordo. O amor nos faz crianças com tudo o que isso significa... pureza, genuinidade, confiança.

    Parabéns pela sua poesia.

    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?!
    Adorei o seu blog e, assim que puder, dá uma passadinha lá no meu? E se você gostar pode deixar comentários e me add também!!!abraços A.I.L

    ResponderExcluir
  9. Olá , seu blog é muito bom, e desde já quero dar-lhe os parabéns, meu nome é: António Batalha, e quero deixar-lhe um convite, se quiser fazer parte de meus amigos virtuais no blog Peregrino E Servo ficarei muito radiante. Claro que irei retribuir seguindo também seu blog.Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que Seja feliz você e sua casa.

    ResponderExcluir
  10. SER CRIANÇA

    Quero voltar a ser criança
    Correr pelos campos
    Sujar-me com a pureza da terra;
    Banhar-me nas águas da cachoeira
    Conectar-me com a linguagem do mundo
    Traduzindo-o em brincadeiras.

    Quero dialogar com a minha infância
    Descobrir-me em sua rebeldia oculta
    O cúmplice de uma revolta sem feridas

    E titubear sílabas de ordem.

    Quero voltar a ser criança
    Para reconhecer em cada rosto
    Um gesto de bondade.
    Caminhar pelas margens de um rio
    E medir seu mistério;
    Deixar que a chuva molhe minha alma
    Enquanto meu corpo sacia-se em liberdade...


    * Agamenon Troyan

    ResponderExcluir